Buscar
  • Ana Paula L. Barros

Você sabia que uma alimentação rica em potássio pode ajudar no controle da hipertensão?


Muito se fala sobre a relação entre o alto consumo de sódio na alimentação e o aumento da pressão arterial. Isso é algo que realmente precisamos ter cuidado, pois o brasileiro consome muito mais do que o recomendado para este mineral diariamente. A quantidade de sódio diário que uma pessoa sem diagnóstico de Hipertensão Arterial deve consumir é de no máximo uma ‘’tampa de caneta Bic’’ dividida por todas as refeições. E para quem tem hipertensão, bem menos. No entanto, além do sódio também devemos ter uma atenção maior ao consumo diário de potássio.


O potássio é um mineral que ajuda na redução dos níveis de pressão arterial. Ao contrário do sódio que é consumido além do ideal, o potássio tem sido consumido abaixo do recomendado que seria por volta de 4,7g para os adultos. Isso acontece principalmente pelo baixo consumo de verduras e legumes, frutas e oleaginosas, por exemplo.


Mas calma! Você pode tornar-se amigo do seu coração e promover um melhor controle da pressão arterial consumindo ao longo do dia alimentos ricos nesse mineral. Não é muito difícil conseguir bater a meta dos 4,7g por dia, basta que você saiba fazer boas combinações dos alimentos que irei listar logo abaixo.


Antes de colocar essa lista quero apenas ressaltar alguns pontos importantes. O potássio além de lhe ajudar no controle pressórico, ele também é responsável por melhorar sua saúde mental, muscular e consequentemente sua capacidade de praticar atividades físicas. E para os idosos é importantíssimo saber se o potássio está em níveis normais, pois caso ele esteja baixo, além de descontrolar a pressão, poderá ser um dos fatores para a perda de força e massa muscular, algo que já é comum nessa faixa etária, aumentando as chances de queda.


Caso você seja portador de insuficiência renal, precisa ter cuidado com o consumo de alimentos ricos em potássio, pois o mesmo precisa ser controlado nessas situações. Outro ponto que também precisa ter atenção é que pacientes que tomam alguns medicamentos diuréticos podem apresentar níveis de potássio mais baixos no sangue, por isso é tão importante o acompanhamento periódico com médico e nutricionista, para que isso não gere nenhum prejuízo. Importante: níveis muitos elevados ou muito baixos de potássio no sangue podem levar ao surgimento de arritmias cardíacas, daí a importância do acompanhamento médico mesmo que o paciente não apresente sintomas.


Mas voltando aos alimentos, espero que vocês possam fazer o uso consciente e diário deles para que tenham ainda mais saúde. Destaco aqui os mais comuns: Feijão frade (feijão-de-corda), Castanha de caju, Melão, Alface, Fava, Banana, Espinafre, Beringela, Ervilha, Abacate, Beterraba, Batata Doce cozida, Grão de Bico, Kiwi, Cenoura, Flocos de Aveia, Amêndoa, Romã, Couve Flor, Batata inglesa cozida, Amendoim, Abóbora, Brócolis, Leite/ Iogurte.


Por fim trago uma imagem do estudo realizado em Portugal, cujo o tema é “A importância do potássio e da alimentação na regulação da pressão arterial”, publicado em 2018. Esta imagem resume muito bem alguns dos alimentos que são ricos neste mineral e que devem ser incluídos na sua alimentação, são todos baseados nos princípios de uma dieta mediterrânea com vários benefícios à saúde humana.


Espero que você aplique essas orientações na sua rotina.

Ana Paula L. Barros

Nutricionista CRN6 – 17234

Clínica do Coração Dr. Elder Gil

Instagram: @apbarrosnutri

127 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo